Outras fontes de energia podem evitar apagão

Claudio Sales legenda.jpgO apagão que deixou sem energia oito estados do Nordeste na última sexta-feira gerou uma controvérsia: este é o momento de se fazer a reestruturação do abastecimento na região? O presidente do Instituto Acende Brasil, Cláudio Sales, defende que as fontes alternativas entrem complementando o abastecimento. Para ele, a energia hidráulica, 85% da matriz elétrica, é a mais importante e tem o maior potencial no país, porém outros sistemas, como os painéis fotovoltaicos (solar) podem ser usados em algumas situações:

- A energia eólica, com novo leilão este ano, também ganha força, pois está havendo redução de custos com os ganhos de escala e de produtividade.

O consultor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE) Adriano Pires defende uma reestruturação urgente do abastecimento de energia não apenas no Nordeste, mas em todo o país. Ele afirma que a ocorrência de dois apagões no Brasil - no Sudeste e no Nordeste - em menos de dois anos é um sinal de que é preciso modernizar a forma de transmissão, além de diversificar a matriz energética.

- É preciso combinar um sistema em que a geração até venha de hidrelétricas, mas que seja combinada com outros tipos de energia, como térmica, nuclear ou eólica. Ou a gente moderniza ou, ano que vem, teremos apagões no Nordeste e no Sudeste.

O professor da UFRJ e coordenador do Grupo de Estudos do Setor Elétrico do Instituto de Economia (Gesel) da Coppe, Nival de Castro, acredita que este não é o momento de ação do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE). O Operador Nacional do Sistema (ONS) já fez o relatório do blecaute no Nordeste e a Chesf vai apresentá-lo em reunião hoje no Rio. (O Globo, 07/02)

 

home features revista

REVISTA CIER

Confira todas edições da Revista CIER
"Sem fronteiras para a energia"
 Agenda

AGENDA ENERGÉTICA

Desafios e oportunidades na América
Latina e no Caribe
 

 

Strategy

SÍNTESE INFORMATIVA

Informações do setor energético
no Brasil e na América Latina
 Strategy

NOTÍCIAS

Acompanhe as últimas notícias 
do setor energético
 

 

Ideas

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Leia as edições anteriores