AES Tietê investe R$ 7 milhões em sistemas de monitoramento e operação de eclusas em 2013

hidreletrica1.jpgGeradora opera seis eclusas em cinco hidrelétricas.

 A AES Tietê, braço da geração e comercialização de energia da AES Brasil, prevê investimento de R$7 milhões em sistema de automação e controle das eclusas para 2013. A empresa, que possui um Centro de Operação da Geração e Eclusas (COGE), na cidade de Bauru (SP), já aportou R$2 milhões nos sistemas.
 
Composto por 14 monitores e um telão com mais de 2 metros quadrados, o COGE da AES Tietê opera de forma remota todas as eclusas da empresa. Esse sistema torna o trabalho mais rápido, ágil e seguro, já que o processo de eclusagem é acompanhado por diversas câmeras de alta definição estrategicamente posicionadas para auxiliar no processo de manobras de entrada e saída das embarcações.
 
O monitoramento das condições hidrológicas em tempo real nas eclusas possibilita, por exemplo, auxiliar as embarcações durante o processo de transposição do rio. A interação com os barcos também foi totalmente revitalizada com um robusto sistema de rádio comunicadores de longo alcance.
 
“Além dessas inovações, estamos implantando uma ferramenta de monitoramento e posicionamento dos barcos ao longo da hidrovia, que auxiliará nas manobras de entrada e saída das eclusas”, afirma Antonio Carlos Garcia, gerente de Operações da AES Tietê.
 
A AES Tietê opera seis eclusas em cinco hidrelétricas da empresa, localizadas no rio Tietê – Barra Bonita, Bariri, Ibitinga, Promissão e Nova Avanhandava (duas eclusas). Cada eclusa tem, em média, 142 metros de comprimento e 12 metros de largura. (Jornal da Energia, 27/08)
home features revista

REVISTA CIER

Confira todas edições da Revista CIER
"Sem fronteiras para a energia"
 Agenda

AGENDA ENERGÉTICA

Desafios e oportunidades na América
Latina e no Caribe
 

 

Strategy

SÍNTESE INFORMATIVA

Informações do setor energético
no Brasil e na América Latina
 Strategy

NOTÍCIAS

Acompanhe as últimas notícias 
do setor energético
 

 

Ideas

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Leia as edições anteriores