Governo decide importar gás e ligar usina térmica de Uruguaiana

19.02.2014 (Folha de S. Paulo)
O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, informou ontem que o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico, que reúne as principais autoridades do governo para o setor, decidiu na última semana que importará gás com ajuda da Argentina e ligará a usina térmica de Uruguaiana.
 
A medida faz parte de um esforço do governo para complementar a geração térmica no país, que vem auxiliando o fornecimento de luz enquanto o nível dos reservatórios segue baixo, por falta de chuvas.
 
No ano passado, a usina também foi utilizada em situação semelhante, emergencial, em janeiro e fevereiro.
 
Uruguaiana estava desligada desde 2008 e, por ser ativada no ano passado, recebeu um ressarcimento superior a R$ 250 milhões.
 
Neste ano a geração de Uruguaiana deve ficar em 250 megawatts médios. O funcionamento foi aprovado por 60 dias --de março e abril. Os gastos não foram informados.
 
Para que funcione, segundo o secretário Zimmermann, será necessário aplicar o mesmo sistema do ano passado, ou seja, o Brasil importa GNL (gás natural liquefeito), ele passa por processo de regaseificação na Argentina e vem para o país por meio de um gasoduto.
 
RESERVATÓRIOS
 
A frente fria vinda da Argentina, que trouxe chuva para as regiões Sudeste e no Sul no fim de semana, não conseguiu conter a diminuição no nível dos reservatórios das hidrelétricas. O nível de armazenamento voltou a cair na segunda-feira na região Sul.
 
A quantidade de água nas reservas da região ficou em 42,5% da capacidade máxima, queda de 0,5 ponto percentual em relação ao domingo. (Folha de S. Paulo, 19/02)
home features revista

REVISTA CIER

Confira todas edições da Revista CIER
"Sem fronteiras para a energia"
 Agenda

AGENDA ENERGÉTICA

Desafios e oportunidades na América
Latina e no Caribe
 

 

Strategy

SÍNTESE INFORMATIVA

Informações do setor energético
no Brasil e na América Latina
 Strategy

NOTÍCIAS

Acompanhe as últimas notícias 
do setor energético
 

 

Ideas

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Leia as edições anteriores