Argentina e Brasil avançam em projeto de hidrelétricas

20.02.2014 (Valor Econômico)

Em meio às dúvidas sobre o abastecimento de energia nos dois países, Brasil e Argentina pretendem acelerar o projeto de construção de duas usinas hidrelétricas no rio Uruguai. Juntas, teriam capacidade para gerar 2.200 megawatts (MW) e estão orçadas, preliminarmente, em US$ 5,2 bilhões. Os investimentos e a energia produzida seriam divididos em partes iguais.

Um consórcio de empresas brasileiras e argentinas elabora, desde maio, os estudos das usinas de Garabi e Panambi. O prazo para a entrega dos trabalhos termina em fevereiro de 2015. A Eletrobras, que toca o projeto juntocoma estatal argentina Ebisa, conta com uma antecipação. "Esperamos ter os estudos prontos no fim do ano", disse ao Valor o diretor de geração da Eletrobras, Valter Cardeal.

Uma etapa importante foi vencida na semana passada, segundo Cardeal: o Ibama liberou o termo de referência definitivo dos estudos ambientais. Com isso, os empreendedores já têm um roteiro completo para o processo de licenciamento. Se o projeto for mesmo levado adiante, não será preciso fazer um leilão de concessão. (Valor Econômico), 20/02)

home features revista

REVISTA CIER

Confira todas edições da Revista CIER
"Sem fronteiras para a energia"
 Agenda

AGENDA ENERGÉTICA

Desafios e oportunidades na América
Latina e no Caribe
 

 

Strategy

SÍNTESE INFORMATIVA

Informações do setor energético
no Brasil e na América Latina
 Strategy

NOTÍCIAS

Acompanhe as últimas notícias 
do setor energético
 

 

Ideas

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Leia as edições anteriores