BNDES aprova R$ 1,27 bi para três parques eólicos

Além do empréstimo de R$ 1,044 bilhão para a Renova Energia, anunciado na quarta-feira pela empresa especializada em geração eólica, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamentos para mais dois projetos do setor. Os três empreendimentos somam capacidade instalada de 461,3 MW e os três empréstimos somam R$ 1,27 bilhão.

A principal operação é a da Renova, desenvolvida na Bahia. São 15 parques eólicos, com os respectivos sistemas de transmissão. O projeto deverá ser concluído até julho de 2015. Do empréstimo de R$ 1,044 bilhão, R$310 milhões serão repassados pelo
Banco do Brasil. A empresa poderá emitir até RS 146 milhões em debêntures de in-fraestrutura.
O segundo maior empréstimo do BNDES é de R$ 193,9 milhões. O projeto inclui três parques eólicos, com respectivos sistemas de transmissão, totalizando uma potência instalada de 64 MW. O projeto é controlado pelo grupo Santander.

A terceira operação aprovada pelo BNDES é um empréstimo de R$ 32,3 milhões, em operação indireta intermediada pela agência de fomento Badesul Desenvolvimento S/A. O parque eólico do grupo Oleoplan terá potência instalada de 11,2 MWe deverá entrar em operação comercial até o mês de abril do ano que vem. (Jornal do Commercio - RJ, 06/06)

home features revista

REVISTA CIER

Confira todas edições da Revista CIER
"Sem fronteiras para a energia"
 Agenda

AGENDA ENERGÉTICA

Desafios e oportunidades na América
Latina e no Caribe
 

 

Strategy

SÍNTESE INFORMATIVA

Informações do setor energético
no Brasil e na América Latina
 Strategy

NOTÍCIAS

Acompanhe as últimas notícias 
do setor energético
 

 

Ideas

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Leia as edições anteriores