Furnas moderniza sistema em linhas de Goiás

Empresa investiu R$4,5 milhões em medida que deverá conferir mais confiabilidade e segurança ao sistema.
 
Com investimento de R$4,5 milhões, Furnas modernizou o sistema de proteção e teleproteção das linhas de 345 kV Itumbiara-Bandeirantes I e II, Bandeirantes–Samambaia I e II e Itumbiara-Porto Colômbia. A medida confere mais segurança e confiabilidade ao Sistema Interligado Nacional (SIN).
 
O projeto consistiu na troca de 157 relés eletromecânicos por 22 relés digitais, 78 mil metros de cabos e 29 equipamentos de teleproteção analógicos por 18 digitais nas subestações de Itumbiara e de Bandeirantes, em Goiás.
 
Os sistemas digitais de proteção e de teleproteção implantados possibilitam detectar e eliminar eventuais falhas mais rapidamente, reduzindo a probabilidade de propagação do distúrbio para outros equipamentos ou linhas de transmissão. Os novos relés dispõem ainda de funções como supervisão e oscilografia, que permitem uma análise mais rápida e detalhada do seu desempenho e das condições do sistema elétrico durante uma perturbação.
 
A periodicidade da manutenção preventiva de um relé eletromecânico é de quatro anos, enquanto em relés digitais é de seis anos. Isso reduz o custo e a necessidade de mão-de-obra para a realização das atividades de manutenção dos equipamentos. (Jornal da Energia, 24/06)
 
home features revista

REVISTA CIER

Confira todas edições da Revista CIER
"Sem fronteiras para a energia"
 Agenda

AGENDA ENERGÉTICA

Desafios e oportunidades na América
Latina e no Caribe
 

 

Strategy

SÍNTESE INFORMATIVA

Informações do setor energético
no Brasil e na América Latina
 Strategy

NOTÍCIAS

Acompanhe as últimas notícias 
do setor energético
 

 

Ideas

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Leia as edições anteriores