Liquidações de cotas de UHEs e das usinas de Angra têm 100% de adimplência

Operações movimentaram juntas mais de R$340 milhões
 
A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) concluiu as liquidações, referentes a junho de 2014, das cotas de garantia física e potência referente às hidrelétricas que tiveram as concessões renovadas por meio da Lei 12.783/2013; e das cotas-parte das centrais de geração nuclear de Angra I e II. Ambas as operações tiveram 100% de adimplência.
 
A operação referente às cotas das hidrelétricas movimentou R$ 170.930.872,22. Na liquidação, as distribuidoras de energia pagam para usinas geradoras a receita de venda que foi definida pelo governo. Os empreendimentos enquadrados no regime de cotas somam garantias físicas da ordem de 8,5 GW médios.
 
Já a liquidação financeira referente às cotas-parte das centrais de geração nuclear de Angra I e II movimentou R$ 170.786.002,27.
 
A liquidação das usinas de Angra, que pertencem à estatal Eletronuclear e estão instaladas em Angra dos Reis (RJ), passou a ser realizada em separado pela CCEE a partir de 2013, em atendimento à Lei 12.111, de 2009, que estabeleceu que, a partir de janeiro de 2013, a produção do complexo seria dividida entre concessionárias de distribuição por meio de cotas de garantia física e potência. Juntas, as usinas de Angra somam 1.990 MW em potência instalada. (Jornal da Energia, 21/07)
home features revista

REVISTA CIER

Confira todas edições da Revista CIER
"Sem fronteiras para a energia"
 Agenda

AGENDA ENERGÉTICA

Desafios e oportunidades na América
Latina e no Caribe
 

 

Strategy

SÍNTESE INFORMATIVA

Informações do setor energético
no Brasil e na América Latina
 Strategy

NOTÍCIAS

Acompanhe as últimas notícias 
do setor energético
 

 

Ideas

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Leia as edições anteriores