Horário de verão termina sábado à noite; relógio serão atrasados

Medida vigora em dez estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste

Termina no fim da noite de sábado, dia 20 de fevereiro, o horário de verão. À meia-noite, os relógios devem ser atrasados em uma hora, para 23h. O horário de verão está em vigor em dez estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste desde o dia 18 de dezembro.

O Ministério de Minas e Energia estima, este ano, uma economia de R$ 7 bilhões com o horário de verão, valor equivalente ao custo evitado em investimentos para atender a uma demanda adicional de aproximadamente 2.610 megawatts (MW). O cálculo final com o valor economizado ainda não foi divulgado.

horario de verao

Foto: Carlos Klein

Redução de 4,5% no pico

Segundo o governo federal, o adiantamento dos relógios em uma hora diminui o carregamento das linhas de transmissão, subestações e nos sistemas de distribuição em períodos de pico de consumo.

Nos últimos dez anos, houve redução média de 4,5% na demanda por energia no horário de pico, entre 18h e 21h, e economia absoluta de 0,5%, o que seria equivalente ao consumo mensal de energia da cidade de Brasília.

Além do Distrito Federal, fazem parte do grupo de estados que contam com o horário de verão Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

A estratégia é adotada no país, com algumas interrupções, desde o verão de 1931 e 1932, durante o primeiro governo de Getúlio Vargas.

(O GLOBO, 18/02/2016)

Tags: economia, horário de verão, transmissão, horário de pico,

home features revista

REVISTA CIER

Confira todas edições da Revista CIER
"Sem fronteiras para a energia"
 Agenda

AGENDA ENERGÉTICA

Desafios e oportunidades na América
Latina e no Caribe
 

 

Strategy

SÍNTESE INFORMATIVA

Informações do setor energético
no Brasil e na América Latina
 Strategy

NOTÍCIAS

Acompanhe as últimas notícias 
do setor energético
 

 

Ideas

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Leia as edições anteriores