Belo Monte usa transformadores UHVDC para prover energia limpa

Com o emprego de 14 transformadores conversores, desenvolvidos pela ABB, a usina interligará as subestações de Xingu e do Rio para fornecimento de energia ao Sudeste. A ABB anunciou o fechamento de um contrato de 75 milhões de dólares para fornecimento de transformadores conversores de última geração à hidrelétrica de Belo Monte. Os equipamentos, que empregam tecnologia de ultra alta tensão em corrente contínua (UHVDC, das iniciais em inglês), serão utilizados na transmissão de 800 quilovolts (kV), em uma linha de 2.518 quilômetros interligando a subestação de Xingu, no Norte do país, à subestação do Rio, no Sudeste.

Com isto, a linha de transmissão conseguirá transportar até 4.000 megawatts (MW) de eletricidade, o suficiente para atender à demanda de energia de aproximadamente 10 milhões de pessoas de forma confiável e eficiente. “A tecnologia UHVDC é um dos focos de nossa estratégia para o futuro e emprega transformadores conversores que possibilitam a integração de fontes de energia renováveis e a transmissão de energia limpa para milhões de pessoas, a longa distância e com perdas mínimas”, diz Claudio Facchin, presidente da divisão Power Grids da ABB.

O projeto inclui o fornecimento de 14 transformadores conversores de 400 mega/Volt/Ampere (MVA) e 400 kV, além de outros equipamentos relacionados. A tecnologia empregada é um avanço do sistema HVDC, que a ABB desenvolveu há seis décadas para proporcionar maior eficiência e baixas perdas a transmissões de energia por longas distâncias. A empresa também foi pioneira em testar com sucesso a tecnologia de transformador conversor de 1.100 kV, estabelecendo um recorde para os mais altos níveis de tensão em corrente contínua, possibilitando aumentar a capacidade de transmissão de energia para o nível sem precedentes de 12.000 MW.

valvulas hvdc

Desenvolvidos para dar confiabilidade ao sistema de transmissão de energia, os transformadores são componentes integrantes de uma rede elétrica que permitem a conversão eficiente e segura da eletricidade para diferentes tensões. Nessa área, a empresa produz uma linha de transformadores de até 1.200 kV de potência, incluindo os de distribuição a seco e a óleo, transformadores de tração e de aplicação especial, bem como componentes relacionados.

(INFRAROI, 16/01/2017)

Tags: tecnologia, energias renováveis, energia elétrica, rede elétrica, UHE Belo Monte, ABB, Xingu,

home features revista

REVISTA CIER

Confira todas edições da Revista CIER
"Sem fronteiras para a energia"
 Agenda

AGENDA ENERGÉTICA

Desafios e oportunidades na América
Latina e no Caribe
 

 

Strategy

SÍNTESE INFORMATIVA

Informações do setor energético
no Brasil e na América Latina
 Strategy

NOTÍCIAS

Acompanhe as últimas notícias 
do setor energético
 

 

Ideas

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Leia as edições anteriores