Pesquisa gratuita em Saúde e Segurança no Trabalho abre inscrições em março

Empresas têm até o dia 13 de abril para participar da edição de 2016 do projeto, que vai comparar boas práticas de gestão em Saúde e Segurança no Trabalho na América Latina

As empresas afiliadas à CIER poderão participar da pesquisa de Benchmarking de Saúde e Segurança no Trabalho edição 2016. O prazo para envio do formulário é entre os dias 1º de março e 13 de abril, sem custos para participar. A proposta é caracterizar a amostra e realizar um diagnóstico básico sobre as práticas de Saúde e Segurança no Trabalho, bem como adotar indicadores de desempenho, permitindo adotar medidas comparativas.

Ao final da pesquisa também será realizado um Webinar para as empresas participantes e convidados para compartilhamento e discussão dos resultados. Outras informações e o formulário de inscrição estão disponíveis na página da Pesquisa ou podem ser solicitados pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Para dúvidas e outras questões relativas à pesquisa, entrar em contato com o Coordenador Técnico Regional, Dário Consolani, pelo e-mail  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., ou pelo telefone (+54 11) 5167-9430.

seguranca1

Dentre os resultados da última pesquisa, com dados de 2015, destaca-se:

  • 86% das empresas gerem a SST de um departamento ou gerência específica.
  • 77% das empresas participantes implementaram um Sistema de Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho que mantém o controle da atividade e 75% deles abarcam os terceirizados.
  • Os “indicadores reativos” de percepção dos funcionários internos se encontram em valores aceitáveis com tendência a “muito bom” na maioria das companhias participantes.
  • Os “indicadores proativos” dos funcionários internos se encontram em patamares realmente bons e em alguns casos se estende também aos funcionários terceirizados.
  • 57% das empresas aplicaram alguma técnica de comportamento. Este foi um ponto desenvolvido na pesquisa de 2010 e tem crescido consideravelmente, deixando de ser um ponto fraco e transitando para se tornar um ponto forte.
  • 27% das empresas, tanto para as que consideram em sua gestão os terceirizados como aquelas que somente consideram os funcionários próprios, conseguiram padrões nos índices de frequência (sem acidentes fatais nem acidentes elétricos) que se encontram entre Muito Bom e Excelente, em função do que foi estabelecido pelo Grupo de Trabalho de Saúde e Segurança no Trabalho CIER.
  • O desafio permanece sendo o assunto de continuar no caminho da melhora, controle e monitoramento da gestão de SST.

SERVIÇO PESQUISA SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO CIER 2016

Apresentação

Ficha de Participação

Carta Convite

 

(BRACIER, 17/02/2016)

home features revista

REVISTA CIER

Confira todas edições da Revista CIER
"Sem fronteiras para a energia"
 Agenda

AGENDA ENERGÉTICA

Desafios e oportunidades na América
Latina e no Caribe
 

 

Strategy

SÍNTESE INFORMATIVA

Informações do setor energético
no Brasil e na América Latina
 Strategy

NOTÍCIAS

Acompanhe as últimas notícias 
do setor energético
 

 

Ideas

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Leia as edições anteriores