Goiás quer garantir financiamento para a Celg

marconi_perillo_01.jpgO governador eleito de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), vai questionar, na Eletrobrás, os termos do contrato e o destino do empréstimo-ponte de R$ 3,728 bilhões para recuperação da maior estatal goiana, a Celg. O contrato foi assinado no mês passado, no calor das disputas do segundo turno, mas fontes extrao-ficiais informaram o PSDB que o dinheiro ainda não foi e nem será repassado à Celg.

"Há informações de que o dinheiro, para sanear a Celg, não vem", disse o deputado estadual Daniel Goulart (PSDB), um dos coordenadores políticos da campanha de Perillo e membro do grupo que forma o governo de transição. "Há, também, rumores de que o dinheiro não vai sair porque a Celg será federalizada. Então, vamos a Brasília, imediatamente, para trabalhar um plano de saneamento financeiro e impedir o processo de federaliza-ção", acrescentou.

Oficialmente, o governo goiano confirmou que os recursos ainda não foram liberados. "Há uma expectativa de liberação do dinheiro nesta semana", afirmou Vassil Oliveira, chefe da as-sessoria de imprensa do Palácio das Esmeraldas.

O engenheiro Carlos Silva, presidente da Celg, explicou que o empréstimo-ponte tem duas fases iniciais. Naprimeira, são liberados R$ 750 milhões, pela Caixa Econômica Federal, para pagamento de ICMS devidos pela Celg ao Estado de Goiás. Com o dinheiro, afirmou, a companhia energética economiza R$ 380 milhões, somente com o desconto no pagamento de juros e multas.

A partir do pagamento do ICMS atrasado, a Celg recebe a primeiraparcela do empréstimo-ponte, no valor de R$ 1,2 bilhão, do BNDES. "Acreditamos que o dinheiro da Caixa está  prestes a ser liberado", disse o presidente da Celg. "O processo é transparente." (O Estado de S. Paulo, 3/11)

 

home features revista

REVISTA CIER

Confira todas edições da Revista CIER
"Sem fronteiras para a energia"
 Agenda

AGENDA ENERGÉTICA

Desafios e oportunidades na América
Latina e no Caribe
 

 

Strategy

SÍNTESE INFORMATIVA

Informações do setor energético
no Brasil e na América Latina
 Strategy

NOTÍCIAS

Acompanhe as últimas notícias 
do setor energético
 

 

Ideas

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Leia as edições anteriores